Deixe um comentário

Em busca da mudança

Ídolo da música folk, o cantor e compositor Cat Stevens fez shows no Brasil na última semana. Aos 65 anos, o britânico se apresentou ao público de São Paulo e do Rio de Janeiro com o nome de Yusuf Islam, que passou a adotar em 1978, ao se converter ao Islamismo. Conhecido por seu estilo engajado, ele não deixou de destacar os valores revolucionários em sua passagem pelo Brasil. Mas surpreendeu ao pregar uma rebelião diferente, no “espírito” das pessoas.

Sua revolução apareceu na entrevista que concedeu ao jornalista Jotabê Medeiros, publicada n’O Estado de S. Paulo. Questionado sobre se estávamos vivendo um momento revolucionário do mundo, ele comparou o século XX com o XXI e pediu uma nova postura às pessoas.

“A diferença para hoje é que, naquela época, era tudo mais claro, mais preto no branco, uma oposição entre o pensamento capitalista e o pensamento comunista. Hoje, há um grande borrão entre a realidade e a realidade virtual. É uma infeliz situação na qual as pessoas pensam que a mudança virá pela via virtual [refere-se às manifestações que têm início na internet]. Eu acredito que a mudança só virá quando as pessoas mudarem a si mesmas. Não acho que você pode mudar o mundo apenas pela via social. Nós somos parte espírito, e eles [pessoas no poder] não podem controlar esse aspecto da existência. Algo no espírito humano se perdeu. Ou mudamos ou não haverá solução real.”

cat

Cat Stevens, ou Yussuf Islam

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: